Milagres do cotidiano

Lee Jeffries @leejeffriesphotografer https://lee-jeffries.co.uk/

 

Renascer todos os dias é um grande aprendizado de desapego: renunciamos aquilo que não nos cabe mais e abrimos espaço para novas possibilidades. Mais leves, podemos escolher novos caminhos porque já experimentamos uma jornada cheia de lições. Claro, nem sempre aprendemos todas elas, mas não precisamos nos preocupar com isto. Quando necessários, os ensinamentos se repetem de outras formas e estamos, constantemente, sendo brindados com diferentes oportunidades de transformação.

Pois é no cotidiano que a vida acontece e que esse milagre do renascimento ocorre da maneira mais singela possível. Por vezes, singela demais e acaba passando desapercebido por nós. Estamos distraídos com a ansiedade do futuro e não enxergamos que magia reside nos tímidos detalhes. Na maior parte do tempo, ignoramos ou não valorizamos as pequenas coisas da vida e mesmo que a nossa intuição sopre nos nossos ouvidos, não reconhecemos os bons ventos. Mas, de novo, não temos que nos preocupar com isto também. Em algum momento da nossa caminhada, voltaremos a ser convidados para a renovação.

O chamado vem de pequenas surpresas feitas por pessoas, lugares e situações diversas, sem aviso prévio. Pelo menos aparentemente, pois há quem acredite que o verdadeiro milagre é precedido de sinais nem tão despretensiosos assim. De insight em insight, o universo vai iluminando a nossa alma e quando nos damos conta, o “desconhecido” que nos habita ascende e se revela. Se espelha no mundo exterior, refletindo nossa essência, e nos faz entender quem somos. Alguns chamam isto de amadurecimento. Eu prefiro dizer que é um despertar mesmo. E mais: renascer todos os dias, em condições adversas, é um milagre de fato!

Para abrir os olhos pela manhã e enfrentar a rotina desse mundo é necessário uma dose extra de fé, além da coragem e da disposição, independentemente dos privilégios a que temos acesso. Se eles são muitos, cabe-nos o desafio de compartilhá-los e de lutar para que outras tantas pessoas também sejam beneficiadas. Se eles são escassos, a batalha fica ainda mais intensa. De qualquer maneira, é preciso reconhecermos que somos parte integrante do cotidiano deste planeta e que a vida por aqui é como uma plantação de tâmaras: o que vale é a boa semeadura porque não comeremos seus frutos nem a médio prazo.

Por isto, cada momento do nosso dia é tão precioso. Cada relação, cada abraço, cada olhar, cada palavra. Não importa se estamos caminhando no centro da cidade ou na beira da praia. Não faz diferença se estamos comendo “mandioca” ou “macaxeira” (literalmente!). A questão fundamental, neste caso, é estarmos presentes onde quer que estejamos, fazendo seja lá o que for, por inteiro: de corpo e alma.

Entretanto, operar esta equação todos os dias, de maneira consciente e lúcida, é tarefa das mais instigantes. Demoramos a aprender que somos capazes de tamanha façanha, mas acabamos conseguindo vencer o desafio com perseverança e humildade. Quando entendemos a melodia que emana dos nossos relacionamentos com o mundo, abrimos nossa alma com sabedoria e amorosidade. E como não chamar isso de milagre?

Vivemos em um emaranhado de ideias e valores que estão, o tempo todo, conspirando entre si e nem sempre a nosso favor. Somos testados, questionados, ensinados a desacreditar e a inventar um jeito de sobreviver nas aparências. Abrimos algumas portas e fechamos outras janelas. Às vezes, invertemos a ordem. Mas a verdade é que, por trás das nossas atitudes, existem infinitas possibilidades de escolha e se não nos dedicarmos a esse processo, nenhum milagre acontecerá. Simplesmente, não dá para ficarmos olhando para o céu, à espera da transformação.

Esse post foi publicado em Crônicas, contos e poemas, Meditando e marcado , , , , . Guardar link permanente.

2 respostas para Milagres do cotidiano

  1. Luciane disse:

    Andréa maravilhosa! 🙂

  2. Ana Inês Souza disse:

    Obrigada Querida

    Que a Páscoa nos ajude a conquistar a serenidade que estás a nos propor.

    Bj Ana

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s