Cataclismo* pessoal

 

Uma luz forte rompe a escuridão da noite. O sono atrapalhado pede licença, mas não há nada que sossegue a curiosidade da mente e ela se deixa levar pelas imagens que brotam, inconscientemente, numa sequência de eventos cataclísmicos.

 

Surge, no céu, uma incrível bola de fogo. Ela se destaca no horizonte azul claro e atrai a atenção de todo mundo. Parecia mesmo o sol. Mas, não era bem um sol. Em questão de minutos, ela começa a se despedaçar completamente. A grande bola se parte ao meio e cai esfacelando-se totalmente.

 

Durante a queda, o mundo ao redor para e observa perplexo. Todos aguardam amedrontados, acreditando que ao tocar o chão haveria uma grande explosão. Com os ouvidos atentos e os olhos arregalados, assistem à nuvem de poeira que se forma em torno dessa bola, até que finalmente ela simplesmente desaparece.

 

O “grande sol despedaçado” cai atrás da Terra. Imediatamente, surge um novo “sol” para alegrar a vida do planeta. Mas, quando todos ainda cochichavam, o alívio pela renovação do grande sol, um segundo “sol” desponta. E, uma fração de segundo após, um terceiro “sol” se instala no céu.

 

Nesse momento, alguém olha através de uma luneta e constata que, na verdade, são grandes planetas habitados que, após o aniquilamento do “velho sol”, finalmente puderam ser notados. Eles sempre estiveram ali, mas não podiam ser observados.

 

Tsunamis e terremotos à parte, o planeta tem se transformado constantemente (isso é óbvio!). Embora não tenhamos a noção exata do impacto dessas mudanças em nosso Ser, muitos já podem constatar a passagem para uma nova dimensão. Não é o meu caso, mas sinto no ar algo especial acontecendo. Algo que não consigo nomear, mas que simplesmente chamo de “vida essencial”.

 

Às vezes, a gente pensa que a vida se resume às nossas atividades diárias, no nosso círculo de relações sociais, no nosso trabalho, ou mesmo nas dificuldades que enfrentamos na rotina em que estamos mergulhados. Olhamos para o lado e achamos que o mundo é isso mesmo. Raramente imaginamos a amplitude da nossa existência.

 

Em ciclos intermináveis, nosso corpo se transforma. Há quem acredite, inclusive, que isso ocorra na mesma medida que a vida exterior. Mas, raramente tocamos a essência da vida.

 

O sonho me fez pensar que estamos muito acostumados a ver a vida a partir do mesmo prisma e que muita luz também pode bloquear nossa visão. De certa forma, isto vicia nossa perspectiva dos fatos. Portanto, é preciso que o “grande sol” se esfacele, para que possamos enxergar outros mundos, outras possibilidades de vida.

 

Dizem que isso é apenas uma questão de tempo. Logo teremos reunido condições suficientes para dar início a uma nova era. Mas, não penso que sejam necessárias tragédias planetárias para mudarmos o nosso cenário. Temos, cada um de nós, nossas próprias tragédias pessoais.

 

O desastre maior é não nos esforçarmos para mudar nosso mundo interior. De que adianta mantermos o olho no “Nibiru” se não fizermos a nossa parte (melhorar a pessoa que somos)?

 

 

 

*Cataclismo (grafado incorretamente, ocasionalmente como cataclisma) (do grego κατακλυσμός – kataklusmós, água, inundar, fazer desaparecer por inundação) é uma tragédia ambiental de caráter generalizado (…) São desastres repentinos, praticamente imprevisíveis e de impossível prevenção, sendo a única maneira de salvar vidas a evacuação do local.

 

Anúncios
Esse post foi publicado em Meditando e marcado , , , , . Guardar link permanente.

2 respostas para Cataclismo* pessoal

  1. rosana disse:

    Lindo texto, incrível que reconheci na forma da escrita um velho texto meu sobre a complexidade do ser humano. Qualquer dia envio. Um grande abraço e muita energia para você sempre executar de forma intensa e bela sua missão especial nesse mundo!

  2. Sami disse:

    Querida Amiga
    Sempre provocando uma reflexão com seus textos.
    Bjs
    Saudade!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s