Peru: uma engenharia humana nas Salinas de Maras

Uma visita a Maras impressionou pelo seu complexo conjunto de mais de 4 mil tanques para extração de sal em funcionamento. O que mais chamou a atenção foi descobrir que todos esses tanques são alimentados por um único filete de água que sai da montanha (veja a foto). É fantástico!

A distribuição da água é uma engenharia extraordinariamente criada pela mão do homem que, deixo registrada aqui minha indignação, trabalha nos tanques sem nenhum equipamento de proteção (sem óculos, sem chapéu, nem luvas, nem botas), sob o sol escaldante. O contato direto com o sal não deve ser nada saudável. Fechando os olhos para isso, a contraposição das cores dos diversos tanques forma um cenário espetacular. Há tanques já secos e outros mais úmidos. Existe também uma variação do tipo de sal de cada tanque.

Fonte de Salinas

Mais uma pequena história no meio do caminho. Dessa vez, sobre o casamento Inca. Contam que o casal podia experimentar a relação antes de oficializar o casamento. Ou seja, eles podiam morar juntos por um tempo (que variava entre 2 a 3 anos) e, se estivessem satisfeitos com a vida a dois, efetivavam o casamento. Do contrário, eles podiam voltar para a casa de suas respectivas famílias. Se, durante o período de experiência eles tivessem filhos, agiam da seguinte forma: se a criança fosse menino, ficava com o pai; se fosse menina, ficava com a mãe. Num eventual casamento futuro de uma das partes, a criança em questão era assumida pelo novo cônjuge como sendo legítima. Que “modernos”, não é mesmo?!

Anúncios
Esse post foi publicado em Livre e marcado . Guardar link permanente.

2 respostas para Peru: uma engenharia humana nas Salinas de Maras

  1. noemise disse:

    Que viagem fantástica vc ta fazendo, figurinha! E, tirando o lado da exploração do homem q trabalha sem nenhuma proteção, as salinas oferecem um espetáculo maravilhoso. Qto à experiência de viver juntos e se der certo casar, acho muito válida, mas, qto ao destino dos filhos não concordo. Bjs da Nô

  2. Severino de Vasconcerlos Andrade disse:

    Dra. Andréa vc está enriquecendo, e muito, os meus conhecimentos, em nome da ciência HISTÓRIA eu te agradeço. Detalhes: 1. Sobre o sal: de onde vem o colorido, vc questiuonou? 2. Sabe quem estragou o avanço dos tempos antigos? os homens da Idade Mésdia, que ruralizaram-se, e em nome de uma pseuda fé, castravam tudo que era pensamento. Viva os nativos Incas, eles são 10 em avanço!
    SJ

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s