Sabedoria de preto velho, por Robson Pinheiro/Pai João de Aruanda

Impossível deixar de divulgar esse texto que recebi de um amigo… muito bom para repensar sobre as expectativas que temos em relação a nós mesmos e as expectativas que achamos que Deus tem de nós.

“Deus não tem pressa! Mesmo que os meus filhos, que se consideram rebeldes, não atendam de imediato ao chamado da eternidade, Deus sabe esperar. Ainda que nossa fé ameace se apagar, como uma chama que se esvai, Deus espera que nos reacendamos com a força oculta do amor. Quando os nossos dias parecem tumultuados e nossas emoções nos fazem mais sensíveis, Deus sabe esperar. Na verdade, meus filhos, Deus, que é Pai, não espera pessoas capacitadas para servi-lo na tarefa do bem. Sabendo Ele da nossa rebeldia e demora nas decisões, nos utiliza como somos e aos poucos capacita cada um, à medida que surgem as necessidades. Os bons espíritos não desejam médiuns santos ou indivíduos santificados, sem dificuldades e problemas. Trabalham com aqueles que se disponham a ir em frente, a evangelizar com seus exemplos, duramente conquistados e alicerçados em experiências corretas e dignificantes. Em geral, os santinhos, os bonszinhos foram canonizados pela multidão ávida de ídolos e de ilusões.

Nosso Senhor nos disse que não veio para os santos, mas para os pecadores. Não veio para os salvos, mas para as ovelhas perdidas. Pense nisso e não fique por aí cobrando de você mesmo aquilo que ainda não está preparado para dar. Deus não tem pressa; você é que é exigente. E pai-velho pode dizer mais: tanta exigência assim é resultado de imaturidade e de sentimento de culpa. Deus deu como meta a perfeição, mas estabeleceu como prazo a eternidade e, como companheira dessa caminhada, a paciência, pois ele sabe que estamos muito distantes do ideal e ainda não atingimos a angelitude.

Deus o quer como humano, não como anjo. É preciso humanizar-se, para então aperfeiçoar-se. Os anjos voam longe, e o Pai precisa de você aqui, com os firmes no mundo para auxiliá-lo no processo de aprimoramento da humanidade. Seja humano, mesmo com aquelas características que você identifica como defeitos. Não desista, permaneça ligado à fonte do infinito bem e, aos poucos, à medida que sua consciência desabrochar, expandir seus horizontes, você se livra da carga de culpa e das punições. Trabalhe, ame e prossiga como você está, esforçando-se para melhorar. Porém, sem essa, meu filho, de ficar lamentando o tempo perdido. Quanto mais você se lamenta, mais deixa de caminhar. Não perca seu tempo com culpas ou desculpas. Errou? Continue caminhando. Caiu? Levante-se e prossigiga. Não precisa justificar nada, pois enquanto justifica já perdeu mais tempo. Prossiga na certeza de que Deus e os bons espíritos têm pressa em sua perfeição. O Pai sabe investir no tempo e espera apenas que você dê uma chance a si mesmo e a Ele para elaborar aquilo que, em meio a toda a pressa, você esqueceu: sua humanidade.

Não deixe de ser humano. Seja você mesmo. Deus ainda não desistiu de investir em você. Por que continuar teimando em manter este estado infeliz em seus pensamentos e em seu coração? A hora é de ir avante, continuar trabalhando por dias melhores. Trabalhar, perseverar e não desanimar, ainda que às vezes você ache que não está bom. Está tudo sempre muito bom, meu filho. É preciso que você aprenda a ver o lado bonito de tudo, em todas as situações. Deus confia em você. Depende de você a confiança em Deus. Tenha certeza de que Ele, o Pai, estará com você na medida exata em que você estiver com Ele.”

Esse post foi publicado em Pensamentos alheios e marcado . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s