“Mulher comum”

Outro livro incrível de uma pessoa também maravilhosa, com a qual compartilhei parte da minha jornada!

mulher_comumUma mulher comum(?), com seus discretos infortúnios, intensa dor azucrinando o corpo. Lá sai ela da mão-inglesa para tocar a vida das pessoas. Lá vai ela, atravessando a praça, fazendo graça, espalhando doçura por detrás de sua fortaleza.

Quem a vê não imagina sua sensibilidade. Quem a enxerga reconhece sua identidade flutuante, marcada por grande criatividade e doses generosas de senso de humor.

Uma mulher para lá de comum e para cá de especial. Uma alma que convida a gente a buscar o comum do tempo e do espaço, o arroz com feijão. Que incita a nossa consciência a se ampliar um cadinho mais, um cadinho mais, um cadinho mais… até chegar ao ponto de captar, com as próprias entranhas, o significado da sua existência.

Bons momentos compartilhados entre os cafés com tortas e a crítica social. Bons momentos vividos que relataram histórias em comum. Bons momentos… incomuns, únicos, que testemunharam nosso caminhar, mesmo que por atalhos diferentes.

Lugares áridos, no passado, que vez ou outra assombram. Em contraposição, um cantinho sem violão, mas com muita música e poesia para registrar ritos de passagem: a menina ganha um corpo, esse corpo ganha uma mulher, a mulher ganha asas e conquista seu próprio mundo, corajosamente!

Anúncios
Esse post foi publicado em Meditando, Pensamentos alheios e marcado . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s